• Nas asas do conhecimento, a Pátria de nós se orgulha
Ensino »  Piloto-Aviador

Piloto-Aviador

Aos Oficiais Piloto Aviadores da FAN é exigida uma formação científica de base, de nível universitário, e uma formação comportamental consubstanciada numa sólida educação militar, moral e cívica que, complementada com a preparação física e a formação militar, permitem:

  • Desempenhar funções ligadas à operação de meios aéreos em missões militares, como piloto operacional, piloto comandante em voo e piloto instrutor;
  • Desempenhar funções docentes no âmbito académico;
  • Desenvolver projectos de investigação autónomos ou, em cooperação com entidades nacionais ou internacionais;
  • Desempenhar funções de planeamento, gestão de programas e projectos;
  • Desempenhar funções de chefia, direcção e comando, nas unidades, serviços ou órgãos da Força Aérea Nacional;
  • Desempenhar funções nos quartéis-generais ou estados-maiores de comandos de forças conjuntas ou combinadas e ainda noutros departamentos do Estado;
  • Desempenhar cargos de natureza militar, em estados-maiores de organizações internacionais ou junto de embaixadas, no estrangeiro;
  • Desempenhar cargos na gestão de topo da Força Aérea.

Nos primeiros 8 semestres, o aluno obtém uma sólida formação em ciências de base, ciências comportamentais, ciências de engenharia e ciências de gestão e língua inglesa. Neste período, o aluno completa também o tronco comum de formação em ciências militares, onde se inclui o comando e liderança e preparação física.

No 8.º semestre, a formação é fundamentalmente de especialização em pilotagem aeronáutica militar com o início da Fase Elementar do Curso de Pilotagem. Neste semestre, o aluno desenvolve uma monografia sobre um tema de interesse para a FAN, em que integra os conhecimentos adquiridos nas áreas de especialização em aeronáutica militar. O 9.º e 10.º semestres é dedicado exclusivamente ao Curso de Pilotagem terminando com o brevetamento (“asas ao peito”).

A prática de pilotagem curricular terá lugar na Escola Militar Aeronáutica da FAN, localizada no município do Lobito onde existem os meios aéreos para a formação “ab initio”.

A instrução de Voo curricular compreende um programa de 45 horas de voo em avião CESSNA 172R correspondentes a 45 missões. Este programa inclui:

  • Uma Fase de Selecção designada por Teste Vocacional de Voo (TVV) constituída por 8 missões das quais 3 serão realizadas em simulador;
  • Do 1º ao 4º ano serão realizadas as restantes 37 missões.

195

ESTUDANTES

50

PILOTO - AVIADOR

57

ADMINSTRAÇÃO AERONÁUTICA

88

COMANDO TÁCTICO

Aqui nasce o Poder Aéreo Nacional